Minha Intenção

Estou em tratamento dialítico há aproximadamente 20 anos. Resolvi tratar neste blog de assuntos do cotidiano do renal crônico. Postarei aqui um pouco da minha experiência, além de links de sites com conteúdo voltado aos pacientes assim como eu, interessados. O conteúdo postado neste blog não tem a pretensão contestar nada. Acredito que para lhe orientar, seu médico é a melhor pessoa, ele estudou pra isso. É lógico, não poderia deixar de falar isso. Espero que participe, conteste, brigue, elogie, enfim, estamos vivos e somente com sua participação faremos desse blog, nosso ponto de encontro. Sozinho, nada podemos. Grato, Edson.

sábado, 5 de agosto de 2017

47º


Dia 03 de agosto de 2017

dentro desse corpo de 47 anos de idade existe um Edson “bombando” rs, disposto pra vida, mas também alguém que convive já há 20 anos com a falência renal.

E analisando esse tempo todo de vida... quero mais rs.

Nunca estou satisfeito, viver é muito bom.

Sou tão falho, que certos momentos da minha vida só dei conta da grandeza depois que passou.

Aí fez falta!

Na época se eu tivesse um pouco mais de nitidez, experiência no que acontecia, devia ter tentado viver o momento em slow motion, pra poder olhar ao redor enquanto respirava pausadamente e sentia meu coração chorar de alegria.

Deus Pai é muito bom comigo, estou por aqui ainda no aprendizado, nessa grande escola que é nosso planeta.

Minhas metas de vida, metas de futuro mudaram um pouco.

Estar mais próximo a meus afetos e poder servir pra poder viver, agora me move.

Hoje, no dia do meu aniversário, um grupo de amigos se dispôs a dedicar um tempo em suas vidas pra mim, com uma surpresa, um bolo, parabéns, e suas presenças.

Obrigado!

Assim como esse momento, essas pessoas estão gravadas no meu coração.

Deus os abençoe.

No dia seguinte, o corpo reclamou um pouco... novamente.

Talvez datas chave como final de ano, aniversário, estejam mexendo com meu psicológico, por me fazer lembrar quanto tempo já estou em “tratamento”.

Um caso a se pensar melhor para resolver.


Edson

Nenhum comentário: